quarta-feira, 15 de setembro de 2010

O Verdadeiro Tabernáculo


Moisés viu o culto onde Cristo o Sumo Sacerdote perfeito ministrava na eternidade,  e Deus lhe disse:  Tenha cuidado para fazer  de acordo com o modelo que te mostrei.( Hb8:5)

A primeira aliança tinha leis sobre a adoração e tinha também um santuário construído por seres humanos, onde se adorava a Deus.  Foi levantado um tabernáculo, dividido em duas partes. Na parte da frente, chamado o Lugar Santo, ficavam o candelabro e a mesa com os pães oferecidos a Deus. Atrás da segunda cortina ficava a parte que era chamada de Lugar Santíssimo. Ali estava colocado o altar de ouro onde era queimado o incenso, e também estava colocada a arca da aliança, toda coberta de ouro. Dentro da arca estavam a vasilha de ouro com o maná, o bastão de Arão, do qual tinha saído brotos, e as duas placas de pedra com os mandamentos escritos nelas. Em cima da arca, representando a Presença Divina, estavam os querubins, com as suas asas abertas sobre o lugar onde os pecados eram perdoados. Depois de tudo isso preparado, os  sacerdotes entravam todos os dias na parte da frente do tabernáculo, que é o Lugar Santo, para cumprir o seus deveres religiosos, Mas somente o Sumo Sacerdote entrava na parte de trás, que é o Lugar Santíssimo, e isso apenas uma vez por ano. Onde ele oferecia a Deus o sangue de animais, em favor de si mesmo e também pelos pecados que  o povo havia cometido. ( Hb9: 1 a  7).
Este era o culto na Lei, com muitos sacrifícios e ofertas que liberava perdão apenas por um tempo, pois o sangue derramado era de animais, os sacerdotes eram homens falhos, que precisavam fazer sacrifícios para si, e não tinham a liberdade e alegria de se expressarem durante aquele culto, eu imagino a expectativa e apreensão daquela nação a cada ano, quando o Sumo Sacerdote entrava no Santíssimo Lugar para oferecer sacrifício por todo o povo, ficavam aflitos mas quando o Sumo Sacerdote aparecia após o sacrifício, eles celebravam aliviados, pois Deus havia aceitado a oferta e liberado o perdão por mais um ano.

Queridos esse era o relacionamento de Deus com Israel antes de Jesus ser enviado como nosso Salvador, essas ofertas e sacrifícios de derramamento de sangue, eram ineficazes para aperfeiçoar aqueles que prestavam o culto ( Hb.9:9). Não era fácil viver nesta aliança, mas para eles este modelo de culto era a única forma de se aproximarem de Deus para serem perdoados e abençoados.

Quando eles prestavam este culto religioso, eles tinham um foco, agradar a Deus através das ofertas e sacrifícios de derramamento de sangue de animais para serem purificados e aceitos por Deus.

Graças a Deus hoje, temos uma outra realidade, visto que este tipo de culto revelado a Moisés, como diz a Bíblia era sombra do culto que podemos hoje apresentar a Deus, por isso Moisés ao ver  como podemos hoje adorar a Deus, desejou no seu íntimo viver e experimentar o que temos, e  lá no monte disse ao Senhor: “ Rogo-te que me mostres a tua glória.” (Exo 33:18)

Em outras palavras ele queria dizer após ver o Verdadeiro Tabernáculo; ”Senhor, por favor, me deixa experimentar isso, não quero viver de rituais, quero viver da tua Glória, quero te adorar com liberdade, quero ser tocado por Ti, ministrado por Ti”

Entendam o que Moisés queria de Deus no Monte Sinai, o pedido que ele faz mostrava seu descontentamento com o que tinha após ver o futuro, onde eu e você podemos vir  na Presença de Deus em total liberdade de expressão e adorá-lo, Moisés viu como nós seríamos aceitos e amados pelo Senhor,e comparando com aquilo que ele vivia, desesperadamente e ardentemente desejou aquilo que temos hoje, A GLÓRIA DE DEUS!

Meus queridos nós temos a Presença de Deus, Ele está conosco, Ele vem nas nossas reuniões, Ele vem receber nossa adoração, nosso culto.

Mas, ao ver e comparar o que temos e o que Moisés e os filhos de Israel tinham, vejo o quanto estamos menosprezando a Presença da Glória.

Pergunto-te como tem sido o teu culto ao Senhor?

Com quais motivações você tem vindo à Presença Dele?

O que você está trazendo para dentro do Verdadeiro Tabernáculo?

O tabernáculo de Moisés falava de Jesus, o Verdadeiro Tabernáculo:

A Porta: Jesus Cristo é a única porta para se chegar a Deus. Disse Jesus em João 10:9: "Eu sou a porta.
Na Porta tinha 4 cores: Púrpura,Carmesim,Branco e Azul, essas cores revelam os 4 evangelhos de Jesus:
Púrpura: Cor da realeza. O evangelho de Matheus, neste evangelho Jesus é revelado como Rei, Matheus cita Jesus Filho de Davi! Ele é nosso Rei!
Carmesim: Cor de sangue, Jesus como "servo sofredor". Marcos revela esta condição em seu evangelho.
Branco: Este é o evangelho do Filho do Homem. No Evangelho de Lucas Jesus é revelado como o homem perfeito. Jesus foi tão perfeito que na noite em que foi traído comeu com seu traidor, Ele disse a Judas: “Amigo o que tens que fazer faze-o logo.”
Azul: Aponta para o Céu, de onde veio e para onde retornou o Senhor Jesus Cristo. Tipifica sua "divindade" e está presente no evangelho de João, neste evangelho Jesus é revelado como Deus.
Altar do holocausto: Revela a Cruz de Cristo – Marcos 15:22-24
Pia de cobre: Os sacerdotes se lavavam nesta pia após o sacrifício e antes de entrar no Santuário. Revela a Palavra que nos lava, Jesus disse: Estais limpos pela palavra que vos tenho falado. Jo. 15:03
Lugar Santo:neste lugar havia o candelabro, a mesa dos pães e o altar do incenso.
Candelabro: Jesus a Luz do Mundo Jo. 8:12,nele não temos trevas nenhuma, Gloria Deus!
Mesa dos pães: Jesus o pão que alimenta os famintos, nele temos satisfação, Ele é o único que preenche o vazio existencial do ser humano. Jo. 6:35.
Altar do incenso: Oração e intercessão, revela Jesus como nosso intercessor Rm 8:34
Santíssimo lugar: neste lugar o sacerdote entrava uma vez por ano, e aspergia sangue sobre o propiciatório, e se aceito o sacrifício Deus liberava mais um ano de perdão.

“Quando, porém, veio Cristo como sumo sacerdote dos bens já realizados, mediante maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, quer dizer, não desta criação, não por meio de sangue de bodes e de bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção.” (Hb 9:11,12)
“Porque, com uma única oferta, aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados. E disto nos dá testemunho também o Espírito Santo; porquanto após ter dito:
Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei no seu coração as minhas leis e sobre a sua mente as inscreverei, acrescenta:
Também de nenhum modo me lembrarei dos seus pecados e das suas iniqüidades, para sempre. Ora, onde há remissão destes, já não há oferta pelo pecado. ”(Hb10: 14 a 18)

Glória Deus, Glória Deus, obrigado Jesus! Queridos nós temos liberdade, não temos apenas mais um ano de perdão como Israel tinha, fomos perdoados eternamente, Aleluia, somos aceitos, podemos viver na Presença de Deus, só depende de nós mesmos. Porque fomos aperfeiçoados e estamos sendo santificados.

Quando chegamos à igreja, O Pai tem uma expectativa e uma alegria em nos receber, com humildade eu penso como O Pai  diz a nosso respeito quando entramos na Igreja:

“ Apesar de tudo, eles vieram, os meus filhos vieram me servir, vieram louvar, vieram trazer suas vidas como oferta no altar, vieram para me adorar”

Deus sempre nos recebe com alegria e expectativa em sua presença, por isso te pergunto como está sendo o culto que você está prestando ao Senhor, este culto corresponde à expectativa do coração do nosso Deus?

Eu tenho que melhorar o culto que presto a Deus, creio que todos nós temos que melhorar o culto que prestamos a Deus, não podemos mais vir a Presença do nosso Pai distraídos, com nossos corações cheio de motivações erradas, com adoração vazia, cantando com a boca, mas o coração longe.

O culto é para Ele, o culto deve ser prestado a Deus, não deve haver espaço para estrelas, para artistas, políticos, não deve haver espaço para a distração, para a perturbação, é neste lugar da Presença que temos que trazer cativo todo o pensamento a obediência de Cristo, pode me chamar de radical, mas se você receber esta Palavra como uma revelação vai entender o que arde em meu coração.

Se todas as vezes que estivermos em nossas reuniões cultuando ao Senhor e lembrarmos que estamos dentro do Verdadeiro Tabernáculo onde Cristo o Sumo Sacerdote ministra, nossa adoração e louvor terão outro nível, nossas orações moverão o lugar onde estamos, haverá avivamentos contínuos, curas, restauração, libertação, salvação, tudo será afetado pela Presença da Glória, porque podemos entrar no Santíssimo Lugar com ousadia.

“Tendo, pois irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne, e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus, aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura.”(Hb10:19 a 22).

Deus não está distante de nós, o teu Pai celestial anseia por sua entrega nesta hora, aquilo que nos mantinha afastados já não existe mais, o caminho para a Presença está aberto.

Não importa como você chegou aqui, se você veio buscar o Senhor ele irá te ajudar, irá te abençoar, não se distraia se entregue a Deus agora, onde você estiver, se teu coração está entregue a Ele, você será tocado por sua Glória. 


Pr. José Carlos Lopes (ministração do culto da família em 12/09/2010)




Um comentário:

Anônimo disse...

Basta agente crê, confiar e buscar pela presença de Deus em nossa vida.Sempre lutar pela nossa salvação.